E ai pessoal! Hoje falaremos da Clareira Maldita. Esse é um campo de batalha de três lanes que é extremamente rápido, com batalhas a todo instante com a maioria ou todos os dez jogadores.

Apesar de ser um mapa agressivo, ele é extremamente simples e objetivo. E se você está querendo aumentar o nível do seu herói rapidamente, este é um mapa maravilhoso: ele sempre termina completamente destruído, garantindo bastante experiência para as equipes.

clareira

  • Laranja: Pontos de surgimento de tributos
  • Azul: Mercenários e Chefes
    • Acampamentos Fáceis: 120 segundos
    • Acampamentos Difíceis: 150 segundos
    • Chefes: 180 segundos

A Mecânica

Para ganhar nesse campo de batalha você precisa conquistar a atenção e a boa vontade do Senhor dos Corvos. Para isso sua equipe deverá coletar 3 tributos que aparecem aleatoriamente entre seis possíveis localizações no mapa, um de cada vez. Esses locais – que serão a personificação do caos na sua vida – estão marcados no mapa a seguir. Você receberá um aviso 15 segundos antes do tributo aparecer – um contador será adicionado a sua interface – mostrando a ambos os times onde ele surgirá.

Lembrando que o primeiro tributo surge com 02:30 (dois minutos e meio) de jogo. E os outros vão surgindo, após o anterior for capturado, 150 segundos depois.

Para recolhê-lo você deverá clicar com o botão direito sobre a imagem do corvo e esperar 05 segundos e meio enquanto canaliza para coletar. Andar ou tomar qualquer tipo de dano irá cancelar a sua oferenda ao Senhor dos Corvos e você vai precisar recomeçá-la.

coletando-tribut-620x364

O bônus do mapa só será concedido depois que um dos times coletar num total de três tributos. Quando isso acontecer a equipe contrária será amaldiçoada por 69 segundos. Daí o mapa ficará mais escuro e lotado de corvos negros – bem ao estilo Edgar Allan Poe.

Os lacaios adversários passam a só ter 01 de vida e as torres e fortes serão desabilitados. Essa é a hora que você vai querer atacar com mais força e ter seu time inteiro vivo para destruir o máximo possível. Mercenários não são afetados pela maldição!

Screenshot2014-08-18-16_10_09-620x348

Os Mercenários

Os mercenários nesse mapa não possuem tanta influência, mas eles ainda são importantes e insubstituíveis. Encaixar os mercenários entre o segundo e o terceiro tributo é uma ótima maneira de dar mais peso ao seu ataque ou dispersar as forças da equipe adversária durante a maldição. Se o seu time for o beneficiado, os mercenários se acumulam e destroem tudo que encontrarem pela frente. Caso o outro time ganhe a benção do Senhor dos Corvos, eles vão precisar gastar um tempo precioso derrotando essas criaturas antes de continuar e investir num ataque agressivo.

Dica Importante: Capturar os mercenários que ficam na parte do mapa do seu time inimigo faz com que eles ignorem a primeira torre da lane, atacando diretamente as estruturas que protegem a entrada na bastilha. Isso é especialmente útil se o time adversário não está prestando muita atenção no mapa e pode ser devastador se unido corretamente à maldição; Ou usado para forçar os inimigos a desistirem de um tributo, facilitando sua coleta.

Screenshot2014-08-18-16_07_02-620x348

O Chefe (boss) é um mercenário grandão que precisa de mais do que um herói para ser derrotado.  E eles são temáticos! Seus corpos mudam de acordo com o mapa! Seu nome é Golem. Alguns heróis conseguem capturar ele sozinho, mas as chances do time inimigo encontrar e arrancar ele das suas mãos com 10% de vida são grandes. Chame sempre que possível outros jogadores pra te auxiliar.

Além do ataque normal dele, ele usa mais dois ataques:  um que prende os jogadores no chão e o outro é um dano em área que atordoa quem for atingido. Saia dessas habilidades e tudo dará certo!

A Estratégia

O objetivo dessa mapa é extremamente simples. Não tem nenhuma super-interpretação da mecânica. Os tributos vão aparecer, deve-se coletar os três ao longo do jogo, amaldiçoar a equipe inimiga e destruir tudo. No entanto, além disso, existem formas de acrescentar ao seu movimento no jogo para aumentar as chances de se vencer e agradar o Senhor dos Corvos com um número de abates agradável.

Screenshot2014-08-18-16_03_35-620x348

Dicas Básicas

  • Se prepare para inúmeras batalhas ao redor do tributo. Todos vão querer capturar os tributos;
  • Algumas vezes no início do jogo vale a pena deixar o outro time inteiro se mover para capturar o primeiro tributo. O plano é o seguinte: dois jogadores do seu time vão para o tributo e não lutam diretamente; o objetivo deles é dar dano só nos heróis que estão capturando o corvo, atrasando-os o máximo possível. Enquanto isso, o resto do seu time se espalha pelas lanes e acumula o máximo possível de experiência, passando dois níveis na frente. Se tudo der certo, vocês devem ter pego um talento a mais, o que vai ajudar vocês a conquistarem os próximos tributos com mais facilidade. É uma estratégia arriscada – principalmente se vocês tentarem fazer isso novamente no segundo -, mas se vocês manterem essa diferença de nível aumentando, o jogo fica cada vez mais simples. Uma dica para manter essa diferença de nível é capturar os mercenários, já que a equipe inimiga pode alcançar vocês na experiência usando-os;
  • É interessante nesse mapa se ter no time um herói que possa solar os mercenários – como o Gasganete – e ficar investindo neles a longo prazo – lembrando que a prioridade é o tributo;
  • Não vá capturar um acampamento se a contagem regressiva já tiver começado. Mantenha um olho em você e o outro nesse herói, já que o risco dele ser encontrado pela outra equipe é grande e ele pode precisar de ajuda;
  •  ‘A maldição está a nosso favor. Capturar mercenários ou empurrar lanes?’. Eu sinto que essa é uma dúvida que todos sentem ao menos uma vez durante a partida. O seu time já deveria ter capturado os mercenários antes da maldição ter sido lançada – entre o segundo e o terceiro tributo, especificamente. Mas imprevistos acontecem. Se o boss ou o hard (acampamentos difíceis) estiverem disponíveis, pode investir; leve a equipe para pegar eles o mais rápido quanto possível. Se for menos que isso, talvez o tempo gasto não seja tão lucrativo;
  •  Espere pelo seu time para capturar o tributo. A não ser que o time inimigo esteja a quilômetros de distância e não dê sinais de que vai chegar tão cedo. Do contrário, ir sozinho lutar pelo tributo é pedir pra morrer! Você tem que confiar demais na sua habilidade de sobreviver ou escapar para aceitar a possibilidade ir sozinho contra 4 ou 5 jogadores. A coisa mais frustante é ver o Muradin saltando para o meio da equipe inimiga para ‘impedir’ alguém de capturar o tributo;
  • Habilidades a longa distância, que pegam o mapa inteiro, como o míssil da Sgt. Marreta ou a heroica do Diablo, podem ser muito úteis para impedir a equipe adversária de pegar aquele terceiro tributo enquanto o seu time se reúne;
  • Mercenários bem posicionados podem fazer um time desistir de um tributo;
  • A maldição está sugando as forças dos seus adversários… ataque. Esse mapa pode ser muito rápido, ou muito destruidor. Se você quiser que a partida dure 12 segundos, vá para a lane mais destruída ou com mais mercenários com toda a sua equipe a alcance o Núcleo.

 

Guia por ABC e Bruna Becker

 

Compartilhe este post!
Share on Facebook1Share on Google+1Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0