Valla

Caçadora de Demônios

Sobre a Heroína

Valla testemunhou a ferocidade das crias do inferno em primeira mão quando demônios assolaram sua aldeia e a deixaram para morrer. Sem seu povo, só lhe resta uma motivação: libertar Santuário da imundície demoníaca que corrompe seu solo. Ela também curte caminhar na praia, cachorrinhos e bestas (a arma).

Valla é uma Assassina de combate a distância trazida do universo de Diablo. Representante da classe dos Caçadores de Demônio, sua principal característica é ser uma heroína de dano pesado, tendo um dos maiores potenciais destrutivos dentre os assassinos do jogo, tanto em alvo único quanto em área. Apesar disso, é necessária muita cautela para se jogar com ela de forma eficiente, pois sua enorme fragilidade e carência de talentos defensivos podem torná-la uma presa extremamente visada se você não souber se posicionar corretamente no campo de batalha.


Considerações Iniciais

Conforme mostra a imagem logo abaixo deste trecho de texto, nas mãos um jogador habilidoso (*cof cof*) Valla se torna uma atiradora letal, capaz de sair matando tudo que aparece pela sua frente. Com a escolha de determinados pacotes de talentos isso se torna uma tarefa muito fácil, especialmente aqueles voltados para potencializar seus ataques básicos ou em área. Como diriam meus nobres amigos de infância em seu linguajar refinado, “essa bicha bate igual uma cavala”. Para saber qual a melhor escolha de build, isso vai depender principalmente do mapa onde está ocorrendo o jogo e das composições dos dois times. Se tiver do outro lado algum herói frágil e importante (uma Tyrande ou Morales, por exemplo), vale a pena focar no burst individual para eliminá-lo rapidamente. Por outro lado, se estiver num mapa que requer dano em área (como os Santuários Infernais) e o seu time for fraco nesse aspecto, então pode ser que compense pegar talentos que reforcem seu Tiro Múltiplo. Enfim, recomendo testar as diversas possibilidades sem preconceito e descobrir por si mesmo qual é a melhor para você.

Ah, e outra coisa que acho válido destacar é que Valla é uma escolha extremamente amigável para jogadores novatos, pela simplicidade de suas habilidades e talentos e baixa curva de aprendizagem, além de custar apenas 2 mil de ouro!

valla_1

Valla fazendo danos bonitos no jogo


Visão Geral

Pontos Fortes

  • Dano altíssimo tanto contra heróis como dano de cerco
  • Ótima para eliminar assassinos do time inimigo com ataques à distância
  • Eficiente na captura de acampamentos mercenários
  • Bom potencial de dano em área e wave clearing
  • Gameplay simples e divertido
  • Sotaque britânico sexy, se você jogar com o áudio em inglês

Pontos Fracos

  • Extremamente frágil e carente de recursos defensivos
  • Possui muitas dificuldades contra times com heróis como Illidan e Nova


Habilidades Básicas e Especialização

Para ilustrar melhor como funcionam as habilidades da Valla, tomei a liberdade de roubar tomar emprestado esse vídeo feito para o guia oficial do site pela Bruna Becker, menina-prodígio e antiga colunista do WoWGirl.

Flecha Voraz (Q): 60 de mana – Recarga de 14 segundos – Dispara uma flecha que causa dano moderado ao primeiro inimigo atingido, e logo em seguida persegue mais dois alvos para causar metade do dano inicial. Pode atingir várias vezes um mesmo inimigo.

valla_2

Dicas: Essa é a sua habilidade básica de dano individual. Meu amigo, se as três flechadas atingirem um mesmo inimigo o dano causado é alto pra burro. Porém, para que isso aconteça é preciso que se pegue o alvo isolado, pois a flecha saltará para outros inimigos se houver mais alguém por perto, inclusive minions.

Tiro Múltiplo (W): 60 de mana – Recarga de 8 segundos – Habilidade em área cônica à frente de Valla. Atira uma chuva de flechas, causando dano moderado aos inimigos na área alvejada.

valla_3

Dicas: Essa é a sua habilidade básica de ataque em área. Use-a sempre que tiver uma aglomeração de inimigos à sua frente. É, simples assim.

Salto Mortal (E): 75 de mana – Recarga de 10 segundos – Valla salta imediatamente na direção escolhida.

valla_4

Dicas: Eis o seu principal recurso de escape e perseguição. Use-o sempre que perceber um inimigo perigoso se aproximando, mas assegure-se de fazê-lo com certa antecedência, pois o salto não é tão longo assim e pode não ser suficiente para te salvar se um inimigo como Kerrigan ou Tyrael já estiver colado em você. Salto Mortal também pode ser usado com propósito ofensivo, para alcançar inimigos que estejam fugindo com pouca vida, mas lembre-se de ser cauteloso para não se jogar acidentalmente em uma zona de risco e acabar virando você mesmo a caça.

Ódio (Passiva): Habilidade de Especialização. Cada ataque básico desferido por Valla concede a ela uma carga de Ódio, até um limite de 10. Para cada carga acumulada, o dano de seu ataque básico é aumentado em 2% e sua velocidade de movimento em 1%.

Dicas: Uma das habilidades de especialização mais bonitas do jogo, e um dos principais motivos pelos quais a build de ataques básicos da Valla é tão poderosa e popular. É disso que o povo gosta, Blizzard!


Talentos

Como costuma dizer a Natalia, não existe escolha correta de talentos. Para saber qual é a melhor opção, é preciso avaliar diversos fatores, sendo o principal deles a preferência pessoal do jogador e a necessidade do seu time. Nos parágrafos a seguir, tentarei analisar os talentos de forma imparcial, dando minha opinião sobre cada um deles com base em testes que eu mesmo fiz enquanto jogava e coisas que li em guias estrangeiros.

Nível 1

Alto Custo-Benefício (Q): Reduz o custo de Flecha Voraz em 30 de mana.

Flecha Sifonante (Q): 50% do dano causado por Flecha Voraz é retornado para Valla como cura.

Flechas Compostas (W): Aumenta em 20% a distância de alcance do Tiro Múltiplo. Repare que o que aumenta é o comprimento do cone, e não o ângulo do mesmo.

Rancor (Especialização): Além dos efeitos normais, cada aplicação de Ódio aumenta em 1,5% a velocidade de ataque de Valla, até um limite de 15% quando houver 10 cargas.

Punição (Especialização): Ao usar uma habilidade, você gera 3 cargas de Ódio.

Análise: Nesse tier a melhor escolha fica limitada entre Rancor e Flechas Compostas. Costumo pegar o primeiro pelo incrível aumento de dano que ele proporciona, mas o segundo – ainda que inferior, na minha opinião – pode ser viável em situações específicas onde seja necessário dano em área. Quanto às outras opções, Flecha Sifonante recupera uma quantidade considerável de vida, mas não vai ser suficiente para te salvar de uma situação de risco, além de não contribuir em nada para a sua função principal, que é causar dano. Alto Custo-Benefício faz pouca diferença no fim das contas, uma vez que o alto tempo de recarga de Flecha Voraz não permite o spam dessa habilidade. E, por fim, Punição é disparadamente a pior escolha desse tier, pois torna-se completamente inútil assim que as 10 cargas de Ódio já foram acumuladas, o que acontece em poucos segundos devido à alta velocidade de ataque de Valla.


Nível 4

Ataque Vampírico (Passivo): Seus ataques básicos curam você em 15% do dano causado ao alvo primário.

Mantícora (Passivo): Todo terceiro ataque básico consecutivo contra um mesmo alvo causa 50% de dano adicional.

Flecha Perfurante (Q): O alcance de Flecha Voraz aumenta em 25% e o número de acertos extras aumenta de 2 para 3.

Arsenal (W): Tiro Múltiplo lança três granadas que causam danos leves ao entrar em contato com seus inimigos.

Análise: Temos nesse tier um conjunto de opções quase tão inflexível quanto o anterior. Para uma build de ataques básicos, a escolha óbvia é Mantícora. Dividindo-se o dano extra (50%) pelos três ataques, chegamos a um aumento médio de quase 17% por acerto, senhoras e senhores. É claro que nem sempre será possível alvejar continuamente o mesmo herói, mas o dano extra será muito útil para eliminar assassinos e suportes inconvenientes de forma mais rápida. Já para uma build focada em dano em área, a escolha é Arsenal para reforçar um pouco o dano de Tiro Múltiplo. Quanta às outras opções, Flecha Perfurante é um acréscimo considerável em termos de dano, mas que oferece um output inferior ao de Mantícora, se considerarmos o alto cooldown de Flecha Voraz. E, por fim, Ataque Vampírico sofre de problemas parecidos com Flecha Sifonante: se um Illidan grudar em você, meu amigo, não vão ser esses 15% de leech que vão te manter de pé. Fora isso, esse talento não oferece nenhum incremento no dano, o que é por si só bastante ruim.


Nível 7

Flecha Repetidora (E): Ao usar seu Salto Mortal, a recarga de Flecha Voraz é zerada imediatamente.

Estrepes (E): Ao usar seu Salto Mortal, Valla deixa em seu caminho três minas terrestres que, ao serem detonadas por seus inimigos, causam danos leves e reduzem em 20% a velocidade de movimento dos mesmos por 2 segundos.

Ataques Calcinantes (Ativo): Ative para receber um bônus de dano de 50% em seus ataques básicos pelos próximos 5 segundos. Durante esse tempo, cada ataque básico custará 15 de mana. Recarga de 25 segundos.

Perseguição Intensa (Especialização): Quando tiver 10 cargas de Ódio, o bônus de velocidade de movimento aumenta para 20% (ao invés dos 10% normais).

Análise: Sem rodeios, considero Ataques Calcinantes a escolha mais poderosa desse tier, especialmente para a build de ataques básicos. Num momento de burst ou situação de duelo, onde você possa aproveitar bem esse aumento de dano, seus inimigos mais frágeis vão se desesperar quando virem a velocidade com que suas vidas estão descendo. Fora isso, o baixo cooldown também é outro ponto forte que torna esse talento extremamente atrativo. Porém, algumas alternativas desse tier podem ser consideradas se você sentir que é necessário melhorar sua sobrevivência. Estrepes e Perseguição Intensa podem ser úteis para ajudá-lo a escapar de heróis específicos como Sonya, que dependem totalmente de ataques corpo a corpo e podem ser kiteados, embora tenham eficiência limitada contra inimigos com grande mobilidade. E, por fim, Flecha Repetidora é a única cilada nesse nível, uma vez que gastar seu principal recurso de sobrevivência apenas para recarregar sua Flecha Voraz não é lá uma atitude das mais inteligentes.


Nível 10: Habilidades Heróicas

Saraivada (R): 80 de mana – Recarga de 60 segundos – Valla começa a girar e atirar rapidamente contra os inimigos visíveis em seu entorno, priorizando sempre heróis. Dura 4 segundos. Enquanto usa essa habilidade, você pode se mover livremente e utilizar o Salto Mortal.

valla_5

Chuva de Vingança (R): 100 de mana – Recarga de 90 segundos – Habilidade em área retangular à frente de Valla – Lança duas ondas de bestas que causam dano pesado aos alvos atingidos e os atordoa por 0,5 segundo por onda.

valla_6

Análise: Eis mais um herói onde a Blizzard fez um bom trabalho no aspecto de balancear as habilidades heróicas. Por um lado, Saraivada é muito mais simples de ser usada de forma eficiente, bastando apertar um botão e esperar a chuva de flechas cair sobre os inimigos, além de ter cooldown menor. Por outro, o fato de ser uma habilidade canalizada pode torná-la uma escolha questionável contra heróis munidos de atordoamentos, como Muradin. Acredito que Chuva de Vingança tem potencial para fazer mais estrago em uma team fight se for bem usada contra um time aglomerado, apesar de exigir um posicionamento meio arriscado e um timing razoavelmente apurado para não desperdiçar seu uso. A escolha, portanto, depende do seu nível de habilidade e da composição do time inimigo. De modo bem geral, eu escolheria Chuva de Vingança contra uma composição com forte presença de heróis de combate corpo a corpo e Saraivada contra uma com atacantes de longa distância. Isso é uma regra bem geral, porém, e no fim das contas a escolha mais adequada vai depender da sua capacidade de ler o jogo.


Nível 13

Matador de Gigantes (Passiva): Seus ataques básicos contra heróis inimigos causam dano extra igual a 1,5% da vida máxima dos mesmos.

Temperado pela Disciplina (Especialização): Após alcançar o limite de cargas de Ódio, os ataques subsequentes passam a gerar Disciplina, até um limite de 10 cargas. Para cada carga de Disciplina, os ataques básicos de Valla passarão a curá-la em 3% do dano causado contra o alvo primário.

Escudo Mágico (Passivo): Ao receber dano de habilidade, Valla ganha um escudo que reduz em 50% todo o dano de habilidades (incluindo daquela que ativou o escudo) durante os próximos 3 segundos. Esse efeito tem recarga de 30 segundos.

Disparo Gélido (W): Tiro Múltiplo reduz em 40% a velocidade de movimento dos inimigos atingidos por 2 segundos.

Análise: Esse é, sem dúvidas, um dos tiers mais equilibrados de Valla. Vamos fazer umas contas? O dano básico dela no nível 13 é de 152, sem levar em consideração nenhum aumento. A vida total de um Açougueiro nesse mesmo nível é de 3589. Logo, o aumento de dano proporcionado por Matador de Gigantes nesse caso é de 3589 * 0,015 = 53,835. Meu amigo, isso é um incremento de mais de um terço* do seu dano base! Dito isso, creio ser essa a melhor escolha para uma build de ataques básicos. Outras duas boas opções são Disparo Gélido, caso seu time esteja precisando ou possa se beneficiar de controle coletivo, e Escudo Mágico, caso você esteja sofrendo contra uma Jaina ou Kael’thas da vida. Evidentemente, a opção de defesa é sempre uma alternativa e deve ser pega somente em casos de real necessidade, mas nunca se deve descartar a possibilidade. Quanto a Temperado pela Disciplina, creio ser esse o pior talento desse nível, exatamente pelos mesmos motivos apontados em Ataque Vampírico.

*É claro que isso poderia ser ainda maior contra um guerreiro, mas sua prioridade de alvo deve continuar sendo assassinos, especialistas e suportes, independente disso.


Nível 16

Executor (Passivo): Ataques básicos causam 40% de dano extra contra alvos atordoados, enraizados ou desacelerados.

Cambalhota (E): Salto Mortal ganha uma carga extra, permitindo que seja utilizado duas vezes consecutivas.

Sangue por Sangue (Ativo): Ative para causar dano igual a 10% da vida máxima do alvo e curar a si mesmo em quantidade igual ao dobro desse valor. Recarga de 60 segundos.

Pele Pétrea (Ativo): Ative para ganhar um escudo equivalente a 30% da sua vida máxima por 5 segundos. Recarga de 60 segundos.

Análise: Alguém poderia argumentar que Executor é uma boa escolha para uma build de ataques básicos, mas nunca fui muito com a cara desse talento. Por ter um caráter extremamente situacional, considero-o bastante inferior às alternativas desse tier. Salto Mortal e Pele Pétrea são escolhas sólidas em termos de defesa, cada uma funcionando melhor em determinados tipos de situação. Enquanto Pele Pétrea funciona melhor em emergências onde o inimigo já esteja colado em você, Cambalhota é mais eficiente em fugas contra heróis com pouca mobilidade. Porém, a opção mais popular desse tier costuma ser Sangue por Sangue por sua contribuição tanto em dano quanto sobrevivência, ambos ao mesmo tempo. Sério, usar isso no recém chegado Cho’gall vai encher metade da sua vida fácil fácil!


Nível 20

Frenesi do Nexus (Passivo): Aumenta a velocidade de ataque e o alcance dos mesmos em 20%.

Raio das Tempestades (Ativo): Recarga de 70 segundos. Ative para se teleportar imediatamente para uma área próxima, como um Blink dos magos de World of Warcraft.

Vingança (R): Saraivada passa a atirar setas de energia em linha reta, causando dano aos inimigos a cada 0,25 segundo. Além do dano aumentado, as flechas disparadas não somem mais quando atingem o primeiro alvo, continuando seu trajeto normalmente após isso. Esse talento só fica disponível se você tiver escolhido a habilidade heróica Saraivada no nível 10.

Tempestade de Vingança (R): Aumenta o número de ondas de feras lançadas para 4, ao invés de apenas 2. Esse talento só fica disponível se você tiver escolhido a habilidade heróica Chuva de Vingança no nível 10.

Análise: Aqui a regra é bem clara, segundo Arnaldo: Frenesi do Nexus ou Raio das Tempestades. O primeiro é a cereja no bolo de uma build de ataques básicos, e o segundo é um dos mais populares talentos genéricos do jogo, sendo útil tanto para fins ofensivos quanto para fugas. Portanto, a escolha mais adequada dependerá da situação em que a partida estiver no momento que você chegar ao nível 20. Se seu time estiver dominando o jogo, Frenesi do Nexus ajudará a enviar seus inimigos para a vala (rá, não podia terminar o guia sem essa piadinha) ainda mais rápido. Mas, se você está sendo perseguindo com frequência e estiver com medo de morrer e fazer seu time perder o jogo por causa disso, então o Raio das Tempestades pode ser a solução, se usado com maestria. Quanto aos upgrades das habilidades heróicas, acredito serem inferiores às suas alternativas por oferecerem incrementos de dano menores que os de Frenesi do Nexus e estarem vinculados a cooldowns relativamente longos e, em alguns casos, fáceis de se evitar.


Builds Sugeridas


Considerações Finais

Espero que esse guia ajude aqueles de vocês que tiverem interesse em jogar com essa simpática caçadora de demônios. Valla foi uma surpresa agradável que surgiu na minha vida por acaso quando resolvi testá-la algumas semanas atrás na rotação gratuita, e desde então tenho jogado com ela com alguma frequência. Sempre gostei (e continuo gostando) de heróis guerreiros, mas confesso que ela, Tyrande e Sylvanas estão conquistando um lugar cativo no meu coração.

Bom, é isso. Se você também curte jogar com heróis de combate à distância e grande poder de fogo, recomendo que não deixe de testá-la, pois ela é uma das melhores nisso se usada da forma correta.

Saudações e até a próxima, aventureiro!

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0