X

Antes de mais nada, para entender a natureza deste post, você PRECISA LER esta postagem!

Olar, pra vocês! <3 Como estão, garotos e garotas da tempestade? Vamos analisar nosso querido Xul?

INTRODUÇÃO

Xul é um personagem tipo meleeespecialista e pode ser um excelente SIEGE:

Vamos às habilidades!

TALENTOS

LEVEL 01

LEVEL 04

LEVEL 07

LEVEL 10

LEVEL 13

LEVEL 16

LEVEL 20

POSSIBILIDADES

Expostos os talentos e sua classificação diante à AFSC, teremos as seguintes possibilidades:

Analisando por cima, sob minha ótica e opinião, poderemos ter as seguintes vertentes:

  • Diversas builds voltadas para Ferramenta (talentos específicos);
  • Diversas builds voltadas para Cerco (push e exp);
  • Diversas builds voltadas para Agressão (causar dano aos inimigos e Heróis);
  • Poucas builds voltadas para Seguro (talentos de segurança);
  • Talentos situacionais, dependendo do gameplay.

Xul é um personagem bem completo e um cadinho complicado de se jogar. Suas habilidades servem para um pouco de tudo: SIEGE, UTILITY, SUSTAINED DAMAGE e até um pouco BRUISER (dependendo da build). Não é a toa que ele é classificado como Especialista, pois ele pode se especializar como quiser dentro das possibilidades que os talentos oferecem. E, vão por mim, são bastante diversas!

Quero que atentem na build mais usada, segundo o HotsLogs:

BUILD MAIS USADA

COMENTÁRIOS SOBRE

Essa build é uma faca de dois gumes. Por que? Ela limita o Xul em ter seu aproveitamento máximo somente nas lanes aonde as tropas caminham. Ela é totalmente dependente da passiva do “D”. Os talentos 04, 07, 13 e 16 são voltados mais para Cerco (mesmo com teor de ferramenta) no qual, bem cumprido, causará estragos nos adversários.

Apesar de eu considerar essa árvore de talento mais voltada para segurança e cerco, em TFs fora de lanes e embates em certos objetivos, ela não é tão eficaz. Mesmo com uma heroica que é uma excelente habilidade agressiva-ferramenta. No entanto, se o Xul for solo nas lanes, a build é recomendadíssima! Não só isso, o talento 01 (apesar do CD alto) ajuda contra ataques físicos de qualquer fonte de dano!

Porém, como dito anteriormente, o Xul é um herói com diversas possibilidades de builds, mas dependerá de quem serão seus aliados e adversários. Com isso, primeiro, vamos ver a tabela dos 04 primeiros heróis de sinergias e ameaças, segundo o site HeroesCounters:

Xul é um personagem que sozinho serve mais para lanes e XP. Contudo, acompanhado, causará BASTANTE prejuízo ao time inimigo. Ele é essencial para PICKS, ENGAGE e POKE. Numa perseguição, por exemplo, você poderá isolar o Herói Inimigo do restante do time — isso se a habilidade Prisão de Ossos encaixar.

Mas tome muito cuidado! Por não ter habilidades de escapar ou fugir, facilmente poderá ser isolado do seu time aliado para ser abatido. Principalmente por heróis adversários que são melees com forte CC.

Se antes você tinha que anotar as possibilidades que os talentos proporcionam, com ele deverá se adaptar nas situações mais vantajosas para você e a composição do seu time. Personagens especialistas têm as builds mais versáteis, com um leque enorme de possibilidades. Não é só porque o Xul é considerado SIEGE que ele não possa ser um BURST DAMAGE ou até um OFF-MAGE. Sempre experimente e treine nas diversas situações e drafts possíveis.

DESENVOLVENDO BUILDS

Então, como pensar com toda essa informação?

Primeira coisa é delimitar o que você quer com o personagem. E ver se encaixa com o que deseja:

  • Qual a composição do meu time?
  • Qual a composição do time adversário?
  • Qual mapa será jogado?
  • Quais os heróis inimigos que sou fraco?
  • Quais os heróis inimigos que sou forte?

Respondendo essas perguntas para cada partida, você terá respostas informativas e em forma de dados para pensar melhor na sua build. Recomendo no início, papel e caneta ao lado para ir anotando, já que todo seu pensamento e foco devem estar focados na partida. Vamos exemplificar para melhor ilustrar:

EXEMPLO PRÁTICO

Seu time está com uma linha de frente pouco resistente. Sonya é uma excelente heroína, mas deve ter a build bem híbrida, para sobreviver ao receber dano, ao mesmo tempo que provoca também. A Asaluz e o Tassadar podem ajudar nesse sustain dela. Quem vai ser o BURST-DAMAGE do seu time é a Jaina.

O time adversário está bem forte. C.T.E.TyrandeNazibo são bem chatos quando combinam suas habilidades (e, com certeza, o Nazibo vai ser o BURST-DAMAGE). O Samuro ficará circundando, se comportando como AMBUSHER, aguardando o momento ideal para pick-offs. E o Rehgar estará na backline de maneira agressiva. Então, para somar:

  • Jaina é boa contra o Nazibo e, dependendo da build, contra o C.T.E.;
  • Sonya é excelente contra RehgarSamuroNazibo;
  • TassadarAsaluz são fortes contra todos os heróis do time adversário.

No entanto:

  • Samuro é um ótimo counter da Jaina;
  • C.T.E. é excelente contra SonyaJainaXul;
  • TyrandeNazibo serão os pontos fortes do time inimigo.

Com isso, precisamos saber o que o Xul irá fazer. Sugiro duas builds para se pensar neste exemplo, junto com a maneira que o time aliado vai se comportar ou não:

BUILD FOICE O INIMIGO (INSIRA AQUI A FOTO DO CARZABÉ)

Digamos que você não se comunique com seu time e é cada um fazendo a gameplay que mais convém. Então, sugeriria a seguinte build:

Poucos jogadores entendem a sinergia que tem a habilidade da foice somada ao “W” do Xul. Não só voltada para lanes, mas também para funcionalidades e impacto para o midlate game. Como assim? Repare que até o nível 10, quem for ler seus talentos, achará que vai fazer alguma build mais voltada para o dano. E aí que mora o pulo do gato!

Talentos 01 e 07 são para garantir um maior tempo de vida. “Ah, mas tio ABC, já temos dois suportes no time!”. Então, esses talentos é para você ajudar na economia de foco dos seus suportes. Eles vão precisar, já que o outro time virá bem agressivo e eles terão que cuidar de todo seu time. O talento 10 servirá para dois momentos: fuga e ENGAGE.

Agora, os talentos que favorecem a habilidade da foice serão a grande sacada do seu gameplay. Vamos somar:

  • 20% de alcance (mantendo você mais safe) +
  • 30% de slow (inimigos atingidos com 70% de movimentação) +
  • CD reduzido por cada Herói atingido (se o Samuro estiver espelhado com mais um ou dois aliados, sua habilidade reseta) +
  • -75% de cura no time inimigo por 4s (ainda com dois suportes inimigos).

Wow! Se você usar na hora certa, com a JainaSonya, dará um debuff tão grande nos inimigos, que somado com sua heroica (+30% de slow), fará os inimigos ficarem praticamente parados! Tudo que a nossa maga do gelo precisa para deixar os inimigos numa fria e a nossa bárbara para fazer barbaridade (praçality)!

BUILD MAGO DA MORTE

Digamos que você consiga fazer uma boa estratégia com seus aliados no início da partida. Onde você vai deixar bem claro que você fará um OFF-MAGE (adicionando mais dano junto com a Jaina):

Essa build eu recomendo para jogadores que jogam maravilhosamente bem com o Xul. Por que? Na minha opinião, apesar dela não ser recomendada para a composição do time adversário, um player que conseguir fazer seu time aliado jogar sincronizado e se posicionar muito bem, com certeza terá o maior índice de dano da partida.

Todos os talentos são agressivos de alguma forma. Mas isso não quer dizer que você tenha que dar chase em meio mundo e ficar lá na frente como um TANK. Como o nome leva, o Xul vai se comportar como um mago, causando o maior dano possível de uma vez e se posicionando de maneira fácil para fugir.

A utilização do “E” será para duas finalidades: escapar de possíveis chases contra seu personagem e manter o inimigo escolhido para ser abatido. Os talentos 01, 04 e 07 são para te manter um pouco mais tranquilo no early game. Você vai se tornando o mago da morte a partir do 10 (que é uma AoE excelente). Os talentos 13 e 16 são os boost de dano (ainda mais o talento Executor, que com a passiva da Jaina mais os ataques básicos do Tassadar, prejudicarão ainda mais os inimigos). E, de quebra, somada à heroica, fará um belo estrago nos adversários.

CONCLUSÃO

Xul é um herói fascinante, mas muito mal aproveitado no Nexus. Quando jogado solo, não terá tantas opções como em um duo ou trio — já que se ele for se especializar, por exemplo, em push-lane, terá pouca contribuição no dano contra o time inimigo em uma TF.

Saber ler os adversários é essencial. Nos exemplos acima, temos duas builds: na primeira o Xul virá como uma ferramenta poderosa para prejudicar os heróis inimigos com debuffs vantajosos ao time aliado. A segunda transforma ele num OFF-BURST DAMAGE, causando um dano absurdo, juntamente com a Jaina.

Assistir partidas de outros jogadores para se colocar no lugar, perguntando-se o que faria diferente e o que o cara fez de bacana que te impressionou, sempre é válido!

Vamos que vamos! O próximo herói a ser analisado será o Ragnaros! Não percam, nesse mesmo canal, não sei se será no mesmo horário! XD

Saravá! o/

 

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0