X

Após sua longa jornada como diretor de jogo em Heroes of the Storm, Dustin Browder se despede do Nexus e deixa o trono para Alan Dabiri. Quem acompanha o jogo desde o início sabe o quão apaixonado Dustin era, sempre mantendo contato com a comunidade e respondendo dúvidas e questionamentos via Twitter.

Confira a mensagem de despedida postada no fórum oficial e traduzida pelo nosso community manager Nimbioth:

Originalmente postado por Nimbioth (Forum Oficial)

Dustin Browder:

Trabalhar na Blizzard é sensacional. Nossos chefes nos ajudam a criar os jogos mais incríveis que eu já joguei. Eles nos incentivam a levar o tempo que for preciso para que fiquem excelentes e, depois do lançamento, a melhorá-los por anos e anos. Por vezes, temos a chance de trabalhar em outros projetos bem legais. Um dia, vou aproveitar essas chances para fazer algo inovador na Blizzard.

Essa não foi uma decisão fácil de ser tomada. Eu ainda jogo Heroes cinco dias na semana, e ficar cercado por essa equipe foi uma das experiências criativas mais intensas de toda a minha carreira. A única coisa que me deixa aliviado é saber que o futuro do Heroes está em boas mãos.

Nos últimos meses, venho passando minhas responsabilidades para Alan Dabiri, um veterano com 20 anos de Blizzard fanático por Heroes of the Storm. Na verdade, desde que o StarCraft entrou no Nexus em setembro, a equipe do Heroes vem lançando conteúdos de extrema qualidade sem minha participação diária, e isso me deixou muito feliz e impressionado. Para quem nunca o viu nos painéis e nas entrevistas da BlizzCon, Alan participou praticamente de todos os aspectos do jogo desde o começo, como diretor técnico e ajudando no processo de desenvolvimento colaborativo da nossa equipe. Alan é um membro ativo da comunidade e está sempre por dentro do que rola no Reddit, nos fóruns e nos sites relacionados. Ele vem trabalhando para melhorar o Heroes of the Storm há anos, e eu fico animado de saber que vai continuar trilhando esse caminho como diretor do jogo.

A equipe do Heroes of the Storm é uma das melhores equipes de jogo das quais tive a honra de participar. É difícil mensurar quanto trabalho e carinho foi necessário para transformar um simples mod nessa experiência épica que temos hoje. Mesmo assim, a equipe continua se dedicando com paixão para garantir as melhores atualizações e novidades que o jogo possa ter. O ano de 2017 vai ser fantástico para o Heroes of the Storm, com novos Heróis, Campos de Batalha, um enorme sistema de progressão, ajustes nos sistemas de pareamento e classificação, diversos recursos sociais, novas Contendas e muito mais.

Gostaria de agradecer a todos da comunidade do Heroes que nos ajudam e nos desafiam a torná-lo cada vez melhor, incluindo todos os que enviam suas opiniões nos fóruns, no Reddit, nos sites de eSports e de estratégias, e todos que um dia me mandaram um tweet. Vocês são o máximo. Graças à paixão e à dedicação de vocês, eu tive o prazer e o orgulho de trabalhar e de participar da comunidade do Heroes of the Storm.

Embora minhas novas atribuições me afastem um pouco do jogo, eu garanto que vou continuar acompanhando o Heroes de perto, vibrando a cada novidade trazida pelo Alan e pela equipe de desenvolvimento. A gente se vê no Nexus! (Eu costumo jogar de Suporte ou de Assassino de Longo Alcance.)

Como será o futuro de Heroes of the Storm sem Dustin Browder? Há quem acredite que o jogo pode melhorar com isso, e há quem acredite que isso pode ser o sinal da ruína. Qual a sua opinião?

/kiss, vejo vocês no Nexus!

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0