X

A organização Natus Vincere está em contínuo desenvolvimento, o que nem sempre está relacionado com adições. Infelizmente, às vezes você precisa cortar para continuar. Hoje Natus Vincere se separou dos jogadores de Heroes of the Storm.

As principais razões de tal decisão foram as performances fracas da equipes. Os primeiros cinco jogadores tiveram ambos altos e baixos. No entanto, após o fim da BlizzCon de 2015, a equipe vem passando por inúmeras remodelações e perdeu seu poder. O time começou 2016 muito bem: Ganhou o ETS #4, mas não conseguiu manter o ritmo de sucesso e falhou em alcançar o Campeonato de Primavera.

A equipe também falhou no campeonato europeu de verão, e não chegaram nos playoffs. Não podemos nomear as exatas razões para tal desempenho e resultado, mas a série de derrotas afetou a organização, a equipe e os fãs. É por isso que Natus Vincere tomou a decisão de se despedir de sua equipe de Heroes of the Storm.

O gerente da equipe, Andrey “Kimi” Kvasnevsky, comentou:

Em primeiro lugar, eu gostaria de expressar a minha gratidão a todos os jogadores que contribuíram para o desenvolvimento dessa equipe. Cada um deles deixou a sua marca aqui. Embora as conquistas da equipe nem sempre fossem perfeitas, eu tenho certeza que cada um deles se esforçou ao máximo. Um dia chega o momento que você precisa dizer “adeus” para alguns pessoas, times, etc. Chegamos nesse momento. Eu gostaria de desejar boa sorte para o pessoal nos seus futuros empreendimentos no eSports ou fora dele. Você é Born to Win (nascido para vencer, o significado do nome da equipe) e sempre serão queridos.

As conquistas da line-up de Heroes of the Storm da Natus Vincere foram:


É triste ver uma equipe tão grande saindo do cenário de Heroes of the Storm, que começou a engatilhar mesmo nesse ano. O que acharam da decisão da organização?

Traduzido e Adaptado de – link.

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0