X

Saudações! Eu sou ABC.ei-bi-ci E não, não nasci na grande São Paulo, não fui paquito da Xuxa, nem dançarino do TerraSamba e muito menos aprendi a ler e a escrever com o Pelé! Este é meu post de estreia por aqui. Estou muito feliz em participar dessa turminha do barulho que adora aprontar altas aventuras nos reinos e mundos da Blizzard! Antes de mais nada, deixe-me apresentar um cadinho, uai:

Eu jogo games há tanto tempo que meu primeiro videogame era chamado de Telejogo. Se você sabe do que estou falando, então segura a minha mão e vamos tomar sorvete de ameixa, pois você deve ter passado dos 30 que nem eu. Tipo quase chegando nos 40. E, com certeza, hoje deve ser míope também!

Sou #TeamBlizzard desde o The Lost Vikings, Rock’n’Roll Racing e Black Thorne. Mas virei bitch mesmo quando comprei o Diablo (com a música mais foda do mundo – composição de Matt Ueimen):

Hello, my friend! Stay a while and listen…

Daí, fui jogando tudo que saía dessa fábrica de felicidade. Alguns não me apeguei tanto, como gostaria. Outros, foi amor à primeira vista. Heroes of the Storm, por exemplo: fez um X no meu coração! Vulnerável a qualquer promoção, streaming e artigo! 

E quando me apaixono num trem, eu viro um “stalker-pls-senpai-notice-me” daquele assunto. Monto planilhas, compilação de estudos, manuais próprios, calculo tempo de sair de um ponto A e ir pro B, gasto horrores de dinheiro, entre outras nerdices. Assim, cá estou para dividir um pouco do que juntei ali, adicionei acolá, ouvi outrem e aprendi por aí. Compilei tudo bacaninha, lindo, supimpa e fácil por demais da conta de entender. Bora lá?

Parte 1: Guerreiros fazem Zig-Zig-Zag!

Parte 2: Mata todo mundo!

Parte 3: Eu sou especialista, beibe!

Parte 4: AAarrgh… MEDIC!!!

blackfriday

Antes de mais nada, preciso fazer um adendo. Ao lançar o HotS, a Blizzard queria um jogo com o máximo de interação entre os players, com o mínimo de complicação para criar builds e sociabilização na jogabilidade. Por isso, criaram o sistema de ganhar XP em grupo e a exclusão de itens para facilitar novos jogadores na mecânica de MOBA (substituição por talentos de múltipla escolha nos níveis 01, 04, 07, 10, 13, 16 e 20).

Então, para ajudar a entender melhor o gameplay, foram criadas categorias de personagens com habilidades e características diferentes: os Guerreiros, os Assassinos, os Suportes e os Especialistas.

Aos poucos, muitos jogadores começaram a compreender funções implícitas e subcategorias em cada personagem. Tanto que na soma dos cinco em um draft, resulta na composição do time e o comportamento a seguir, seja qual tipo for (agressivo, defensivo, objetivo, cada um por si, etc…). O mais comum e padrão é ter um Guerreiro, dois Assassinos, um Suporte e um Especialista. Porém, com a inserção de campeonatos, copas oficiais e até amistosos (levados bem a sério), os players mais experientes vão além do que se entende como “característica padrão” dos personagens.

E é aí, meu caro gafanhoto e minha cara mariposa, onde surgem séries de funções dentro desses padrões, com possibilidades e sinergias que discutiremos em outros posts. Hoje falaremos o que há na categoria dos Guerreiros.

You’re a funny guy, Luther. I like you.
That’s why I’m gonna kill you last…

De uma maneira geral, todos chamam essa categoria de TANK. Não é de todo errado. O padrão desses personagens é ter baixo valor de ataque, pois sua principal função é atrair dano inimigo (pelo alto teor de vida que possui) e iniciar os confrontos. Mas em HotS, há alguns personagens Guerreiros que fogem um pouco do padrão descrito. Eles podem transitar facilmente em outras funções (às vezes mais de uma). Por isso, para facilitar, iremos dividir a categoria em duas primárias: TANK e BRUISER

soco-chuck-norrisLiteralmente, BRUISER significa boxeador, pugilista. O cara que vai descendo a porrada assim que aparece na TF! Ou seja, é um Guerreiro no qual o seu valor de dano é mais alto que o padrão na categoria. No entanto, a vida será um pouco menor que a do TANK, mas o suficiente para aguentar várias rodadas de treta no Nexus.

A seguir, os heróis classificados como TANK e BRUISER!

As classificações correspondem às do HotsLogs

TANK

BRUISER

DICAS QUENTES COMO BATATA QUENTE! 

Quando escolher um TANK, você deverá:

  • Ser inteligente e FDP o suficiente nas TFs, iniciando ela ou não;
  • Atrair todo o dano dos embates (até mesmo em push lanes);
  • Assegurar a sobrevivência e fuga do time (off pushs e off TFs);
  • Ser uma parede, ou seja,  um excelente usuário das artes do body block;
  • Preferencialmente, liderar a rotação do seu time;
  • Evitar que o inimigo consiga fazer o objetivo do mapa.

Agora, quando escolher um BRUISER:

  • Se não houver um TANK no time, você assumirá as funções de um;
  • Ser dinâmico no mapa (evitar de ficar em uma lane só);
  • Ajudar fazer os mercenários e chefes;
  • Ajudar limpar as todas lanes;
  • Auxiliar principalmente nos ganks (emboscadas) contra os inimigos;
  • Estar em todos os eventos do mapa;
  • Proteger e ajudar nos objetivos do mapa.

 

Resumindo, sobrará necas de pitibiriba dos adversários! Lógico que o jogador poderá fazer outras coisas além disso. Mas essas são as prioridades da função na categoria Guerreiros do HotS.

Queridos, é isso por enquanto! No próximo post, vou escrever a respeito das funções dentro da categoria Assassinos. Você será tão maléfico(a) quanto essa cena horrorosa que me fará rever meus conceitos em respeito das batatas:

Não recomendado para pessoas sensíveis à leguminosas e afins…

Saravá! 😀

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0