X

Foi uma segunda metade desmoralizante do Campeonato Global de Primavera para os fãs da Europa (EU) e América do Norte (NA), pois nem uma única equipe de ambas as regiões passaram para as semifinais.

O primeiro dia do campeonato correu como esperado. Foram dadas oportunidades de fazer uma grande virada e surpreender aos times da Austrália, Taiwan, sudeste da Ásia e América Latina, mas quando elas enfrentaram equipes de elite de grandes regiões as suas derrotas foram rápidas e dolorosas. Jogos curtos e resultados de 2-0 terminaram suas aspirações do torneio.

Enquanto isso, Cloud9, Naventic, Dignitas e mYinsanity pareciam perdidos contra o times chineses eStar Gaming e EDward Gaming, e os coreanos MVP Black e TNL. Cloud9 e Dignitas eram os times ocidentais mais poderosos, e enquanto a perspectiva das suas partidas foram realmente acirradas, eles sempre estavam um passo atrás.

Naventic não teve a melhor das sortes e teve que enfrentar a toda poderosa MVP Black. O resultado foi uma série de jogos tão unilateral que foi difícil para os fãs do cenário NA assistir. Como a MVP Black faz isso parecer tão fácil?

Depois que a poeira assentou, as esperanças dos fãs ocidentais caíram coletivamente quando se deram conta de que só os times chineses e coreanos chegam ao top 4:

braket

A comunidade ficou devastada:

tweets 1

tweets 2

É triste ver competidores tão ferozes serem tão duros consigo mesmos, mas essa é a natureza do eSport. Competir na Coreia pode ter sido desmoralizante, mas qualquer time merecedor verá isso como realmente foi: um aviso para acordar. Ficou claro que as equipes coreanas e chinesas tem uma visão diferente de como Heroes deve ser jogado, e é hora do ocidente começar a tomar notas.

Podemos agora começar a entender porque o Tyrael é considerado tão forte, respeitar as composições com duo de suportes e duo de guerreiros, e se afastar do estilo de jogo “playmaker” que se baseia em um jogador extremamente competente usando um herói de alto impacto. Quando nós assistimos à MVP Black jogando, nós não temos a sensação de 5 jogadores individuais, com cada um tentando fazer jogadas próprias. Eles se movem como um só, e cada jogador age com suprema fé uns nos outros.

Todos nós estamos orgulhosos das conquistas que os times da EU e NA alcançaram, e nós vimos alguns verdadeiros tons de grandeza nesse torneio, particularmente vindo do K1pro, Bakery e iDream. Estratégias e drafts de heróis da Cloud9 estavam em um nível completamente diferente, e a Dignitas várias vezes agiu como uma só unidade coesa.

tweet 3 Mas apesar do quão apoiadores nós, fãs, podemos ser, não nós podemos fazer nenhum dos times se sentir bem sobre o seu desempenho. É da natureza do eSport e a marca de um verdadeiro competidor. Quando você perde de tal forma que te faz aceitar que ainda existe “outro nível” que você ainda precisa alcançar (ao mesmo tempo sabendo que você tem o potencial de chegar lá), faz com que tudo que você queira fazer é voltar para o laboratório e trabalhar mais para passar de nível.

tweets 5 Vocês são capazes de fazer melhor do que tudo isso, equipes ocidentais. Eu poderia dizer ‘boa sorte na próxima vez’, mas não tem nada a ver com isso. Você vão superar a China e a Coreia quando você jogarem melhor do que eles.

 

Traduzido e adaptado de – link.

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0