X

MLG (Major League Gaming) a maior empresa de eSports na América do Norte (que liderou torneios de StarCraft II, Call of Duty, entre outros títulos), parece que está saindo de seu negócio. Em uma reunião extraordinária no dia 21 de dezembro de 2015 no Conselho de Administração, a MLG aprovou um Acordo de Compra de Ativos concedido à Activision Blizzard, em troca de 46 milhões de dólares.

No dia Seguinte, foi enviado uma carta aos acionistas informando-os sobre a venda, como você poderá ver abaixo, em inglês:

f30a2166e661d6b3536b468a3967045e

Além dessas alterações, o CEO Sundance DiGiovanni foi ~removido~ de seu papel e substituído por Greg Chisholm, ex-CFO da MLG.

Alguns especulam que a maior parte da venda irá pagar as dívidas da MLG, deixando o pouco que resta nas mãos dos demais acionistas. A mesma entrou com diversos pedidos de financiamento da dívida só este ano, em um montante de mais de 6 milhões de dólaresNo entanto, MLG também sofreu golpes recentemente, como quando a rival ESL foi nomeada como organizadora do Call of Duty World League.

Só o tempo dirá como essa mudança afetará outros empreendimentos da MLG, como o próximo Counter-Strike: Global Offensive Major Championship em Columbus, por exemplo. A única coisa que sabemos ao certo é que a MLG, tal como a conhecemos, acabou.

Fonte
Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0