X

Esse artigo foi originalmente postado pelo usuário  GetEquipped no Reddit.

A Tradução e adaptação foram feitas de forma livre.

Jogo MOBAs há algum tempo, e uma das primeiras coisas que me ensinaram foi que “morrer” é uma das piores coisas que você pode fazer numa partida.

Mas, por que é tão ruim? Você dá ao time inimigo uma vantagem material em forma de Experiência, e também prejudica seu time consideravelmente, uma vez que eles ficam com um jogador a menos, criando oportunidades de jogadas favoráveis para seus oponentes — como pressionar para ganhar vantagem, atrapalhar seu time, ter mais controle de mapa… tudo isso enquanto seus companheiros esperam você reviver para ter alguma chance de lutar.

Isso também significa que seu time vai perder uma função importante. Se você é um Guerreiro, seu time fica sem iniciação; se você é um Suporte, não há cura ou utilidade; se você é um Assassino, seu time deixa de ser uma ameaça.

Então, vamos dar uma olhada em três casos que constantemente vejo e que ocasionam mortes desnecessárias e/ou evitáveis.

Ganância

A ganância consiste em perseguir seus oponentes pelo mapa, se jogar embaixo das estruturas inimigas para matar alguém, ou se separar de sua equipe para tentar um 2×1 ou 1×1.

Não se jogue embaixo de um forte a não ser que você tenha um plano para escapar, ou uma equipe por trás para trocar o alvo dos tiros/mitigar o dano. Você vai ser desacelerado, tanto na movimentação quanto na velocidade de ataque, o que significa que, a menos que você tenha uma habilidade de CC eficiente, você não vai conseguir matar seu alvo.

Quanto ao 2×1 e 1×1: esse é um assunto complicado, porque há jogadores habilidosos que conseguem fazer isso. Mas você não é um deles. Não se preocupe, eu também não sou. Mas é aqui que existe o pequeno paradoxo de habilidade. Um jogador não-habilidoso vai pensar que ele é habilidosos suficiente, porque ele não é habilidoso suficiente para reconhecer que ele não é habilidoso; Em outras palavras, um jogador ruim não vai pensar que ele é ruim. Por pensarem que eles são bons, eles acabam se metendo em situações ruins e, no final, perdem o jogo.

É por isso que jogo tão defensivamente. Eu duvido tanto de minha habilidade de jogador, que eu sempre analiso o que eu ganharia e o que meu time perderia se eu decidisse lutar. Eu checo meus cooldowns, minha regeneração, minha mana, a mana deles, checo o mapa; e só quando eu tiver certeza de tudo eu decido lutar, porque já considerei todas as possibilidade em que eu perderia, e as rejeitei. Não é um impulso rápido, é algo que você desenvolve e que melhora com o tempo. Você precisa sempre se lembrar “eu sou ruim, o que está a meu favor para me tornar menos ruim?”, considere todas as vantagens antes de se comprometer.

Perseguir os oponentes. Raramente funciona, e quando funciona, você provavelmente tinha opções melhores de jogadas do que passar 10 segundos correndo para matar alguém, e mais 10 segundos para correr de volta para seu time. Maravilha, você desperdiçou 20 segundos em algo que sequer era uma ameaça. Ele teria voltado para a base de qualquer forma, mantendo seu time e seus objetivos seguros.

Se eles não estão perto dos objetivos, ou se estão voltando para a base, então deixe-os. Pinte o mapa de azul. O que eles vão fazer, tentar lutar um 1×4 por um objetivo? Isso é suicídio, o que me leva ao próximo tópico.

Morrer nos objetivos

Eu vejo isso o tempo todo. Jogadores pulando no meio de uma situação terrível só para atrasar a captura em 5 segundos. Na maioria das vezes, isso acaba levando à morte. Então, agora você tem um herói a menos, deu Experiência de graça e eles ainda capturaram o objetivo. Parabéns, você deu a eles uma vantagem muito maior do que eles teriam se você tivesse simplesmente ignorado.

Isso também leva a situações de pessoas se jogando, um por um, contra 4 do time inimigo. Repita isso 5 vezes. Não funciona a seu favor, os números estão contra você.

O que você pode, e deve fazer, é:

Cutucar

Também conhecido como Poke, é quando você ataca ou usa habilidades a uma distância segura, só para dar uma “cutucada” no inimigo e interromper capturas. Use essas habilidades para tentar afastá-los enquanto você lentamente baixa suas vidas. Nazibo e Zagara são ótimos nisso, enquanto Jaina ou Kael conseguem criar zonas de controle. Isso não significa “pule em cima deles e gaste todos os seus cooldowns esperando que dê tudo certo”. Apenas atrase a captura e jogue em equipe.2. Troque objetivos

Trocar Objetivos

Eu não entendo a mentalidade “tudo ou nada” que as pessoas têm. Se perdem 1 tributo, aparentemente é “GG Vikings noobs farmando lanes”. Pois é, isso se chama farmar Experiência. Você abre mão de uma área do mapa para ganhar vantagem em outra. No Xadrez, chama-se “Gambito”, um lance em que se sacrifica uma peça para causar maior perda ao adversário.

Você pode abrir mão do primeiro tributo, eles ainda precisam de outros dois para a Maldição, de qualquer forma. Em troca, você tem 3 lanes livres. No Templo Celeste, você deixa eles rotacionarem para o segundo santuário, e parte para a captura dos mercenários na área norte do mapa, enquanto pressiona a mid lane. Você troca uma lane sua por duas deles, ameaçando as bastilhas.

Lembre-se que a ÚNICA condição de vitória é deixar o Núcleo inimigo com 0% de vida. Você pode estar 100 mortes abaixo, perder todos os objetivos, teamfights… mas se você conseguir deixar o Núcleo deles com 0%, mesmo que o seu próprio esteja com 1%, você vence. Todo o resto é apenas um método para te ajudar a completar isso.

Ser pego desprevenido

Isso é algo que realmente vem com o tempo ou experiência. A regra geral é que, após o nível 10, fique com o seu time, a não ser que vocês estejam em constante e eficiente comunicação.

Hoje cedo eu vi uma Sylvanas na Baía do Coração Negro, constantemente rotacionando entre mid e top. Sem problemas, nós dissemos para ela fazer isso. Ela tinha a Torre de Vigia capturada, visão do bot, e nós avisávamos quando um inimigo desaparecia por um período estendido. Isso funcionou bem. Ela estava constantemente atenta ao mapa e à posição do inimigo.

Agora, em outro jogo com uma Valla: ela morreu 12 vezes porque ela queria jogar por conta própria. Nova pegou ela desprevenida várias vezes, e quando eu pedi para ela andar com o time, usando meu número de mortes (duas vezes) como incentivo, ela disse que o Tychus era forte demais, mesmo que ele tenha 42% de taxa de vitórias.

Ela se recusou a se comunicar, se recusou a reconhecer ameaças, não escutava os pings, e nunca guardava sua habilidade de escape para realmente escapar, usando o Salto Mortal para pular nos alvos e tentar matar alguém (lembrem-se do primeiro tópico).

Se alguma coisa for levar mais do que 5 segundos para ser completada (acampamentos mercenários, limpar lanes, ou qualquer outra coisa), certifique-se de que você tem um plano para escapar. Olhe para o mapa, pergunte-se “se eu fosse o oponente, onde eu estaria?”. Se você conseguir vê-los por um segundo numa lane distante, você está seguro… por enquanto.

E lembrem-se: quanto mais o tempo se passa na partida, mais poder você tem em números, e é ainda mais seguro andar em grupo. Poucas pessoas serão atrevidas o suficiente para tentar pular sozinhas nos heróis da backline enquanto você tem 4 guarda-costas.

Ok, então quando vale a pena morrer?

Eu sei que vão ter as pessoas que vão ter as pessoas do “Na verdade”. “Hmm, na verdade, vale a pena morrer se você estiver-” Cale a boca.

Não, não vale a pena. Seu time ainda terá um a menos, mesmo que for uma troca igual. Se você estiver um talento abaixo, pode ter certeza de que eles fazem mais estrago com 4 pessoas do que você.

Teamfights

Você terá baixas durante Teamfights. Se você é um herói iniciador da linha de frente, você pode não sair vivo. Mas esse é seu trabalho: ser a lança para seu time, penetrando as defesas inimigas sem soltar!

Se você é um suporte da backline e o time inimigo focar você, então muitas vezes você pode não sair vivo, mas tente ganhar o máximo de tempo possível para seu time — fazendo todo o possível antes de morrer, ou se separando para dividir a atenção do inimigo.

Nesses casos, se você conseguir uma troca de 4 para 1 a seu favor, então a batalha é sua.

Atrasar o retorno deles quando o núcleo estiver caindo

Nós todos já vimos alguma daquelas reviravoltas de 1%. E isso sempre começa com uma excelente defesa no último segundo. Para impedir que eles defendam o finalzinho, servirei como isca, me jogarei no meio deles, vou até usar o Túnel Profundo e começar a dar uns tapas nesses malditos se eu precisar. Lembre-se que a única condição de vitória é o 0%.

Se você está atrás na Experiência

As pessoas sempre acham que vale a pena, quando isso está longe de ser verdade. Primeiramente, você deve saber como jogar estando em desvantagem, e como retornar a uma posição favorável na partida. Se você está atrás nos níveis, você não pode entrar em uma Teamfight ou será massacrado. Você precisa de Experiência, e às vezes se separar do resto é a melhor escolha.

Não separe todos os membros, ou vocês ficarão desprotegidos de todos os ângulos, e qualquer um pode ser pego desprevenido. Se for apanhado nessa situação, o que você deve fazer é ganhar o máximo de tempo possível para seu time para que eles possam pressionar outras áreas. Logo que o time inimigo aparecer no mapa, seus 4 aliados terão por volta de 30 segundos livres antes que o time inimigo rotacione novamente. Capturem acampamentos fáceis, pressionem as lanes, tentem capturar objetivos ou até mesmo um chefe. Pessoalmente, não gosto desse método, pois quero minimizar a quantidade de mortes. Porém, se você conseguir ganhar tempo suficiente para o seu time voltar para uma boa posição no jogo, então pode valer a pena. Novamente, é o Gambito.


Espero que a leitura tenha sido proveitosa! Certamente me ajudou a ver as coisas sob outra perspectiva 🙂

/kiss, vejo vocês no Nexus!

Compartilhe este post!
Share on Facebook90Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0