X

Hello, meus queridos companheiros do Nexus! Venho trazer uma reflexão interessante de algo que venho observando faz algum tempo dentro do jogo, das partidas e até mesmo de grupos (seja Skype, TeamSpeak, RaidCall & derivados) onde pessoas totalmente desconhecidas se juntam para jogar. E acredite, os resultados destas observações são positivas e quem sabe você lendo isto, não possa se identificar e olhar de outra forma a comunidade?

Não é só de trolls que é feito o nosso meio

imagem_post_girlsofthestorm_comunidade_yuuko_kitsune_w

Uma coisa que sempre falo e passo para outros é: Nunca pague com a mesma moeda, ou seja, não trate mal os que te tratam dessa forma. Não é só pelo fato de que pode ser banido, mas porque não vale a pena se igualar ao nível dos trolls que realmente querem causar no jogo ou cair na pilha de pessoas “surtadas”. Em várias partidas que tive nessa vida, independente de onde veio o erro, nunca rebati xingamentos. Converso com a pessoa com paciência explicando a situação ou acalmando/nivelando os nervos para que o foco não se perca, independente da reação dela.

Você pode imaginar que a reação inicial são xingamentos dos mais baixos mandando você se calar, mas ocorria o contrário: a pessoa via que alguém estava ali jogando com interesse, pra valer e mesmo vacilando, queria somar e acertar sempre ou ajudar para o melhor da equipe orientando quem errou. Nem todos são trolls, são apenas pessoas estressadas e que acabam agindo dessa forma pelo estado em que se encontram – dá para diferenciar pela forma como respondem.

Nessas horas, essas pessoas mudavam sua postura e melhoravam ainda mais o seu foco ou o auxílio, seja para ele mesmo ou para o próximo. E o fruto foi maravilhoso, pois todas essas partidas sempre tiveram uma vitória linda, de dar orgulho. E com uma galera agradecendo na hora da tela final. 

Novatos (ou veteranos) Estressados

imagem_post_girlsofthestorm_comunidade_yuuko_kitsune_y

A coisa mais comum em qualquer partida, como mencionei a anterior, são pessoas estressadas.  Vivemos atualmente em um mundo onde se exige demais em tão pouco tempo, o que faz as pessoas terem crises de nervosismo atrelado à ansiedade, gerando atitudes agressivas e impulsivas. Nas partidas, essa situação acontece tanto para novato ou veterano.  Antigamente, quando se errava, o veterano batia o tapinha nas costas do novato e o incentivava, dizendo que errando que se aprende, e “chegava junto” para ajudar o mais novo companheiro de aventuras da comunidade. Atualmente veteranos acabam causando toxicidade e até mesmo transformando os novatos em tóxicos pela sua impaciência e excesso de zelo pela perfeição, exigindo de um jogador inexperiente um nível de ranques e ligas profissionais. De fato isto é bem complicado, mas em uma matéria falei  algo similar sobre e você pode ler clicando aqui.

A questão é que já tenho a prática ~ como vocês podem ler no resumo do meu perfil no final do post ~ de ter paciência com quem está começando no jogo, assim como tiveram comigo.  Ultimamente vejo uma galera que acaba caindo com novatos e ajudando eles no que diz respeito a como funciona o personagem, mapa, mecânica e estilo do jogo. Isto é extremamente gratificante, pois no final todo mundo acaba se ajudando e o que seria uma partida desastrosa, acaba sendo uma partida com grande aprendizado, novas amizades formadas e tudo de legal que você pode imaginar. 

Jogadores que assumem erros e dão força para a equipe

imagem_post_girlsofthestorm_comunidade_yuuko_kitsune_x

Cada vez mais vejo jogadores nas partidas que, quando erram uma tática ou acabam por fazer besteiras, pedem desculpas/falam sobre a mancada. Considero isso extremamente bacana, até porque mostra que a pessoa está atenta e realmente assume que errou, fazendo com que aquele nervoso que poderia culminar em algum jogador fazendo show pelos comentários não exista.  E isso não é motivo algum de vergonha, muito pelo contrário, considero honroso!  Somos humanos e falhos, e reconhecer nossos erros nas partidas não diminui sua imagem ou dignidade, muito pelo contrário, é exaltada.  Se errou, não se acanhe em assumir o erro na partida pedindo desculpas.   🙂

Isto pode vir seguido de um apoio moral para a equipe ou não. Há jogadores que mesmo diante da dificuldade das partidas, motivam a equipe com palavras de incentivo para que vençam, animando até mesmo o desacreditado. Afinal de contas em Heroes of the Storm TUDO é possível.  Pessoas negativas só prejudicam a equipe (e eu sei que você pescou que galera é essa 😉 ) e as desmotivam, levando para a real derrota. Positividade é tudo: acreditar em você e na sua equipe, ser pró-ativo até o final é gratificante para o seu jogo e para a sua alma. Se você nunca foi uma pessoa assim, faça um teste e depois me conte como se sentiu e como foi a partida. 🙂

De fato, sabemos que a comunidade é feita dos mais diversos tipos de pessoas e mentalidades e que nem sempre tudo será como um mar de rosas maravilhoso, mas as atitudes positivas que encontramos quando trilhamos o nosso caminho no jogo nos dá um gás exatamente como na vida real: ainda há esperança nas pessoas, nos jogadores. E quando fazemos parte disso, é ainda melhor, pois levamos conosco a imagem e a responsabilidade de pessoas sinceras, positivas e de caráter, de confiança nas partidas.
É, meus caros: ainda há esperança (e sim, repetindo para reforçar) !

Um grande /hug bem “felizão” e nos vemos no Nexus, camaradas!

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0