X

Olá aventureiros! A final da Copa América nesse final de semana foi extremamente emocionante, e a Brave Ozone emergiu vitoriosa do confronto contra a CNB. Além de um prêmio de US$ 10.000, a equipe garantiu sua vaga no Campeonato das Américas que acontecerá em Las Vegas. Representando a América Latina, a equipe disputa a vaga para o mundial que acontecerá na Blizzcon.

Nós do Girls of the Storm conseguimos uma entrevista exclusiva com os campeões da Copa América. Confira:

Girls of the Storm: Qual futuro vocês vêem para a equipe? Vários de vocês estiveram em times diferentes ao longo da Copa América, pretendem manter a mesma equipe para a próxima edição?

Brave Ozone: Sim, pretendemos manter a mesma equipe. Tentamos não pensar muito no futuro e focar mais no presente, mas a nossa ideia é competir nos campeonatos Internacionais para melhorarmos cada vez mais.

Girls of the Storm: Na partida do Jardim do Terror, o último push foi decisivo para a derrota. Como foi a tomada de decisões naquele momento?

Brave OzoneA Decisão foi recuar para as torres Tier 2 e defender o Terror inimigo, enquanto o nosso Terror levava o top free e garantia a vantagem. Mas depois de uma bobeira, 2 players foram abatidos e naquela hora do jogo 2 abates com o Terror ativo pro time inimigo era derrota certa, ali percebemos que era GG e já começamos a nos concentrar para a próxima partida.

Girls of the StormVocês estavam nervosos com a partida final? Por ser um mapa novo, houve preparação na equipe ou uma estratégia específica para ele?

Brave OzoneNão estávamos nervosos porque sabíamos que era só jogar nosso jogo que o campeonato era nosso, e nós que escolhemos o mapa novo pois já sabíamos qual a melhor estrategia pra se usar nele. A estratégia desse mapa é simples, pegar o máximo de AoE e se possível combinar isso com uma composição forte no Early/Mid Game e foi o que a gente fez, e levamos vantagem na maior parte do jogo. Quando acabou o draft e percebemos que o time da CNB só ficaria mais forte que o nosso quando atingissem o nível 20, sabíamos que tínhamos que acelerar o jogo e foi o que fizemos.

Girls of the Storm: A Brave obteve um desempenho ótimo durante todas as etapas da competição, e com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. Como conseguiram manter a calma quando a CNB se via diante de um match point?

Brave OzoneCalmo o time sempre esteve, acredito que este tenha sido o problema na 1° e 2° partida. Estávamos calmos demais e tivemos que levar um tapa na cara para acordar.

Girls of the Storm: Por fim, quais as expectativas para Las Vegas? O ritmo dos treinos e a preparação psicológica se mantém, ou serão intensificados?

Brave OzoneIremos intensificar o treinamento e muito, estamos indo pra São Paulo na próxima semana e ficaremos lá treinando até o dia da viagem para Vegas. Estamos vendo ainda como vai ficar a agenda de scrims; nessa última semana conseguimos contato com alguns times do servidor Norte Americano e esperamos conseguir scrimar com eles.

Agradecimentos à toda a equipe da Brave pela entrevista. Um enorme parabéns aos Campeões e também à CNB, que lutou com garra até o final. Estaremos torcendo no Campeonato das Américas! Não deixem a Peteca cair!

Se você perdeu a transmissão, você pode rever as partidas nesse link!

/kiss, vejo vocês no Nexus!

Compartilhe este post!
Share on Facebook87Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0