X

No primeiro artigo eu falei genericamente sobre lanes, o que são, para que servem e porque existem (LOLOLOL). Mas não me aprofundei muito no assunto, para evitar um texto gigante e cansativo, e claro, para facilitar o entendimento de pessoas que começaram a jogar agora.

Nessa parte 2 sobre Lanes nós iremos tratar de partes mais técnicas, composições, divisões, mapas e o que fazer ou não fazer. Tudo isso você aprende com tempo, mas algumas coisas insistimos em fazer errado, por isso é bom sempre lembrar ou relembrar mecânicas e dicas.

Todo MOBA tem pitadas de jogos de estratégia, mas títulos como League of Legends e Dota 2 possuem apenas um mapa, fazendo com que haja um meta fixo. No caso do Heroes nós temos uma variação enorme, embora a jogabilidade seja simplificada, a gama de variações dos mapas e mecânicas o torna mais complexo do que você espera.

Vamos separar por mapas e composições:

Clareira Maldita

tributo

Um dos mapas com uma grande variação de composição, pode ser: 1-1-3/3-1-1 ou 2-1-2. O que vai decidir a disposição, como sempre, é a composição do time. Todas as divisões onde há 3 heróis em uma mesma lane se destinam a pushar o máximo possível a torre do inimigo antes do objetivo ser liberado.

Minas Assombradas

minas

Nas minas assombradas uma divisão interessante seria 4-1, onde a lane com 4 heróis tentaria pushar o máximo possível as torres inimigas antes da abertura das Minas.

3-2 também seria útil, no caso de uma partida solo.

Condado do Dragão

dragao

Um mapa que gera muita confusão, e consequentemente, menos pessoas gostam dele. 1-1-3 seria uma divisão interessante. O foco nesse mapa é não perder o dragão, então é importante um posicionamento forte em um dos Shrines, dessa forma também é possível pushar a torre inimiga.

Baía do Coração Negro

pirata

O foco nesse mapa é estar preparado para o respawn dos baús, inicialmente a divisão será de 1-3-1 (sim! Sem brigas desnecessárias pela visão). Os primeiros baús surgem aos 50 segundos de mapa e por isso é importante ter esse poder de pressão no mid.

Jardim do Terror

planta

Seguir o bom e velho 2-1-2 é a melhor solução, lane, soak de experiência e seeds. Com a planta a disposição muda, ou o time decide por pushar uma lane enquanto a planta estiver na oposta, ou pushar juntos com a planta.

Templo Celeste

templo

A divisão de lanes no Templo Celeste deve seguir a ordem de abertura dos templos. O primeiro será no top e no mid, com isso é bom termos 2-2-1 no começo do mapa. E em seguida teremos o templo somente no bot, sendo importante o time se dividir corretamente para que todos cheguem a tempo de brigar pelo ponto.

Tumba da Rainha Aranha

rainha

O mais comum é 2-2-1, mas há variações como 3-1-1 ou 1-3-1. A ideia é coletar gemas, pagar para chamar as rainhas e então pushar com a rainha mid, caso haja alguma outra lane que pareça “livre” é bom aproveitar para pushar o máximo possível.

Dicas importantes

  • Nunca morra durante o contador em Minas Assombradas; seu time ficará desfalcado e isso irá afetar de uma forma bem negativa o desenrolar da partida
  • A dica acima vale também para os demais mapas, “play safe” antes de qualquer objetivo
  • Se você estiver solo lane, não fique dando bobeira e evite morrer, mesmo que signifique ficar recuado e esperar os minions virem até você
  • Level 10 é sempre prioridade

Espero que esse guia rápido tenha ajudado, a ideia não é me aprofundar muito nas composições, mas passar um geral de como se dividir nas lanes. Mais adiante irei tratar com mais calma a questão de composição dos times, algo que influencia diretamente na disposição desse time nos mapas.

Caso tenham dúvidas, sugestões ou opiniões sobre, por favor, deixem nos comentários!

Compartilhe este post!
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Email this to someonePin on Pinterest0